Sandra Martins
22/02/2016


Mais de 5 mil prestigiam festa de aniversário da cidade

foto

 “A vibe de Embu das Artes é sensacional! Parabéns pela festa, pelo aniversário e pela energia, galera”, disse o vocalista da banda Planta e Raiz, ao encerrar o show para mais de 5 mil pessoas no Jd. Casa Branca pelo aniversário de 57 anos da cidade no dia 18/2. Antes, apresentaram-se a banda cover do Legião Urbana, Monte e Castelo, o grupo de samba e pagode Só Encanto,  e o rap de Zinho Trindade, neto da artista plástica Raquel Trindade e bisneto de Solano Trindade. Nem a tempestade que caiu no meio da tarde abalou o clima de festa e harmonia. Nenhuma ocorrência foi registrada pela Guarda Civil Municipal (GCM).

A festa teve entrada gratuita e foi organizada pela Secretaria de Cultura, com patrocínio do Sindicato dos Químicos de São Paulo e da Associação Comitiva Esperança (ACE), com o apoio do gabinete do Deputado Estadual, Geraldo Cruz. “Esse trabalho com a juventude é bem bacana e bem diversificado. Num mesmo espaço tivemos apresentações de diversos estilos musicais, cultura urbana com hip hop, grafite e dança de rua. Foi muito bacana, os moradores gostaram muito”, falou o secretário de Cultura, Alan Leão.

Com um estiloso microfone retro, o vocalista Zeider e sua trupe levantaram a galera ao som de “Oh Chuva!”, “Com certeza”, “Novo Amanhecer”, “Liberdade pra dentro da cabeça”, “Vamos fugir”, dentre outros tantos sucessos. “Muito legal esse incentivo cultural, é muito bom. Cheguei de Natal (RN) há três meses e na minha cidade não tem nada disso”, contou Larissa Braz, 23, e seu marido Matheus de Souza, 20, moradores do Jd. Santo Eduardo.

“Esse foi o melhor show de aniversário de Embu das Artes, sem dúvida, estamos adorando. Tem segurança, uma banda conhecida, todo mundo ta curtindo”, afirmaram as amigas Cleide Lima, 28, e Jaqueline Pires, do Jd. Santa Emília e de Itapecerica da Serra.

Ouça alguns depoimentos:

  Zeider, vocalista Planta e Raiz

 Evaldo Barbosa, morador do Jd. Mª Sampaio/SP

 Fábio Batista Pereira, morador do Jd. Casa Branca

Festa da Emancipação

O Colégio Adventista do Pq. Pirajuçara, inaugurado dia 21/2, deu um grande presente para a cidade, em especial para os moradores do Jd. Casa Branca: todo o terminal de ônibus do bairro foi reformado e recebeu pintura nova, reparos no telhado e limpeza. 

Fundada pelos jesuítas provavelmente em 18 de julho de 1554, a aldeia de M´Boy, hoje Estância Turística de Embu das Artes, só começou a ser uma cidade independente a partir de 18 de fevereiro de 1959, data em que foi criado o município de Embu, desmembrado de Itapecerica da Serra e Cotia.